Browsed by
Categoria: Finanças

Vale a pena hipotecar o imóvel?

Vale a pena hipotecar o imóvel?

Hipotecar um imóvel significa pegar um empréstimo de valor elevado e dar a casa como garantia. Assim, quem precisa de dinheiro consegue crédito de alto valor. A opção é bastante popular em vários países do mundo, mas só passou a ser praticada no Brasil há cerca de quinze anos.

A hipoteca é oferecida por algumas instituições financeiras. A grande vantagem, para quem pega o empréstimo, é tem bom valor disponibilizado para fazer o que bem entender, com juros mais baixos dos que os comumente praticados no mercado, e longo prazo para quitar a dívida.

Não há dúvidas de que a grande desvantagem é o risco de perda do imóvel, caso o devedor não cumpra o compromisso e não honre as parcelas do empréstimo.

Quais são as exigências

A primeira exigência para o interessado em contratar uma (leia mais aqui) é possuir casa própria, afinal, trata-se do bem dado como garantia. Imóveis de até 300 mil reais são avaliados pela instituição financeira de acordo com o carnê de IPTU.

Todos os bancos que trabalham com hipoteca aceitam imóveis residenciais como garantia, desde que a casa ou apartamento esteja registrado em nome de pessoa física. Algumas instituições financeiras também aceitam a hipoteca de imóveis comerciais, mas é preciso pesquisar.

Quais são as vantagens

A hipoteca possui duas vantagens que são tudo o que o interessado procura. A primeira delas é o prazo de pagamento, o qual pode chegar a até 30 anos. A segunda vantagem está no limite de crédito, que é alto ou até mesmo inexistente, dependendo do valor estimado do imóvel.

Entre os bancos mais populares, oferecem crédito de hipoteca o Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Caixa Econômica e Itaú, além do Citi.

O Citi, por exemplo, empresta até 1,3 milhão de reais, mas o valor fica limitado a 50% do preço avaliado do imóvel. Já a Caixa não estabelece limite nem do valor do imóvel nem de máximo de crédito, mas dinheiro disponível corresponde a no máximo 70% do valor do imóvel, quando o interessado possui mais de um. Caso o imóvel seja o único, o limite cai para 50%.

O Santander é mais comedido, propondo-se a emprestar entre 30 mil e 500 mil reais, com valor máximo restrito a 60% do valor do imóvel.

No que se refere aos juros, a hipoteca não deixa de ser atrativa, pois eles são um pouco inferiores do que alguns outros praticados no mercado. Em geral, a taxa varia entre 12% e 20% ao ano.

Desvantagens

Fazer uma hipoteca significa colocar um imóvel em risco, então é preciso analisar minuciosamente a necessidade de contratar essa linha de crédito.

Geralmente quem busca pela hipoteca precisa tomar emprestado um valor muito alto, mas há outras opções disponíveis no mercado, as quais não comprometem um bem tão importante.

Assim, o interessado deve ter absoluta certeza de que pode arcar com o compromisso firmado. Se houver qualquer dúvida acerca disso, por menor que seja, é melhor buscar por outras opções.

Quando as parcelas acordadas não são honradas, o proprietário tem de entregar o imóvel, o qual vai a leilão, mesmo que parte da dívida tenha sido paga.